Pular para o conteúdo principal

Certificado Digital gratuito para assinatura de documentos com validade jurídica.

O documento com a assinatura digital tem a mesma validade de um documento com assinatura física e é regulamentado pelo Decreto Nº 10.543, de 13/11/2020.


Esta publicação não é direcionada à advogados, no entanto, pode ser útil, uma vez que seja necessário uma assinatura eletrônica para um cliente que não possui certificado digital.
Não irei me estender sobre o assunto de assinaturas digitais neste post, tentarei ser o mais objetivo possível. Como visto, o uso de assinaturas digitais cresceu muito no Brasil, pela facilidade que é nas tramitações de documentos pela internet e até mesmo pela questão socioambiental, uso responsável dos papeis, reduzindo os custos de impressão de documentos, diminuição das pilhas de documentos dos processos nos tribunais e nos outros órgãos públicos.


Qual a utilidade de um certificado digital? Como já disse anteriormente, o certificado digital ajuda na celeridade das tramitações de processos e de atos extrajudiciais. Usado por instituições e órgãos que exijam assinatura de termos, contratos, acordos, certificados, diplomas e outros tipos de documentos. As entidades autorizadas a emitirem os certificados são controladas pela Autoridade Certificadora Raiz – AC-Raiz, sendo esta a controladora de todas certificações no Brasil, tendo o papel de credenciar e descredenciar os demais participantes da cadeia, supervisionar e fazer auditoria dos processos. Existem vários tipos de certificados, com preços variados por tipo de personalidade e por tempo de validade, para pessoas físicas e jurídicas, por exemplo, temos o e-CPF para pessoa física, divididos em A1 e A3, temos também o e-CNPJ classificados da mesmo forma, em A1 e A3. Saiba mais sobre os tipos de certificados clicando aqui.

Após essa breve apresentação sobre certificado digital, vamos ao que interessa.

O que você provavelmente não sabe, é que o Governo Federal oferece a possibilidade de assinar documentos gratuitamente, sem pagar pelo Certificado Digital, usando uma plataforma de assinatura digital própria, a assinatura acompanha até a logo marca do governo. A assinatura é validada pela ITI Brasil, qualquer cidadão que possua conta no portal .GOV poderá assinar documentos digitalmente, no entanto, é necessário ter a conta do tipo Prata ou Ouro. (SAIBA MAIS) Quanto mais você é reconhecido pela plataforma através do cruzamento de informações entre as instituições públicas, mais cresce sua reputação no portal, alterando o tipo da sua conta, sendo ela Bronze, Prata ou Ouro, permitindo o uso do serviço do assinador digital posteriormente.


LEI Nº 14.063, DE 23 DE SETEMBRO DE 2020

Dispõe sobre o uso de assinaturas eletrônicas em interações com entes públicos, em atos de pessoas jurídicas e em questões de saúde e sobre as licenças de softwares desenvolvidos por entes públicos; e altera a Lei nº 9.096, de 19 de setembro de 1995, a Lei nº 5.991, de 17 de dezembro de 1973, e a Medida Provisória nº 2.200-2, de 24 de agosto de 2001.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Análise do conto: O homem da cabeça de papelão, por Edson Ferreira

Para início, digo que o texto é muito bom, nos faz refletir sobre muitas questões sociais da atualidade, como os grupos sociais nos influenciam, onde minoritários impõe mudanças nos comportamentos dos indivíduos, pautando o que é correto, dizendo o que todos devam fazer, como agir ou se comportar para que sejam aceitos. Trazendo para nossa realidade, não posso deixar de falar das questões morais, valores sociais que se perdem com comportamentos incoerentes, que vão de encontro com as políticas sociais existentes ou que se posicionam contra a própria Constituição Federal. No texto: o homem da cabeça de papelão, o que vi foi uma sociedade que vive no COMUNISMO, que não tem ambições para construção de uma sociedade competitiva, sem visão futura, um povo sem perspectivas, é a vida em uma sociedade perturbada, sem conceitos difusos sobre a realidade de um mundo próspero, na qual existam limites para moldar os comportamentos de uma sociedade mais organizada, que sigam leis, respeitem a difer

Rasgue sua Constituição, não precisamos mais dela

Tempos obscuros que vivemos no Brasil, nossa constituinte já não serve mais, "perdeu" sua função social. Rasgue sua constituição, dela "não precisamos mais", o STF com todo seu SUPREMO poder, nos "protegem" de tudo, menos deles próprios. Estão legislando, com subterfúgio da interpretação da Lei. Me faltam palavras pra comentar isso... pic.twitter.com/UQmCXD9KkX — Henrique (@henriolliveira_) October 28, 2021   Antigo aliado, deputado cassado por fake news é recado do TSE a Bolsonaro https://t.co/hCL2fCt4Ay — UOL Notícias (@UOLNoticias) October 30, 2021 STF: a conta é alta (Adriano Machado/Reuters)